Blog BancoImóvel

Por que morar em Paulínia?

Por que morar em Paulínia? Essa é a pergunta que futuros moradores da região de Campinas fazem na hora de procurar casa ou apartamento. A reposta não é difícil de ser encontrada. Mas antes disso, é preciso conhecer um pouco mais sobre essa promissora cidade.

Paulínia, pra quem não sabe, é um município localizado na Região Metropolitana de Campinas, interior do estado de São Paulo. Destaca-se por possuir um respeitoso polo industrial-tecnológico, situado nas regiões norte e sudeste da cidade. Mais do que isso, Paulínia possui também um grande polo cultural, composto por estúdios de cinema, arte, dança e teatro, todos localizados na região sul da cidade.

Possui 139 km², cuja população foi estimada pelo IBGE, em 2013, em 97 702 habitantes. Ou seja, é município que está em constante crescimento populacional, o maior da Região Metropolitana de Campinas.

 

Casas, apartamentos, oportunidades

A indústria é a principal fonte de renda da cidade. Fato que faz de Paulínia ter a sétima maior renda per capita do Brasil. Não é pouca coisa. E o crescimento na cidade é visível. Terrenos que antes faziam parte do cenário na cidade, hoje não existem mais. Deram lugar a grande construções, grandes edifícios, inúmeras moradias.

Casas e apartamentos são facilmente encontrados em Paulínia. A cidade também se tornou excelente opção para aqueles que moram em Campinas e região. Mas não é somente a boa oferta imobiliária que faz Paulínia atrair novos moradores. A qualidade de vida também é grande influenciadora na hora de alugarem casas e apartamentos na cidade: o município conta com importantes locais onde a natureza encontra-se preservada ou em recuperação. Destaca-se o Terminal Turístico Luiz Pelatti, o mini-pantanal (localizado às margens da Represa do Salto Grande), o Parque Zeca Malavazzi, o Jardim Botânico Adelelmo Piva Júnior e os mais diversos lagos da região.

Todos os locais acima citados possuem ofertas de casas e apartamentos. A cidade possui também regiões calmas e movimentadas, de alto custo e de menor investimento. Ou seja, possuem imóveis para todos os gostos, bolsos e pessoas: estudantes, famílias, idosos.

***

Se você está decidido a morar em Campinas, seja para estudar, trabalhar ou montar o seu negócio, deve considerar conhecer Paulínia. A cidade é bem localizada, o crescimento econômico é visível, o transporte é satisfatório e a oferta de casas e apartamentos são os melhores da região.

Saiba também que, aqui no BancoImóvel, as melhores oportunidades são encontradas.

Procurando casa ou apartamento em Paulínia? Consulte-nos: 19 2515.2800

 

Author: Gilberto Marmol
Visit Gilberto's Website - Email Gilberto
Sócio do BancoImóvel, Administrador, Corretor e Perito Avaliador de Imóveis, Construtor, Gestor de Pessoas e Negócios com 20 anos de experiência em empresas nacionais e multinacionais junto a Superintendência nas áreas de Vendas, Crédito, Cobrança e Produtos.

5 comentários sobre “Por que morar em Paulínia?

  1. Pingback: Imóvel em Paulínia: casa ou apartamento? - Blog BancoImóvel

  2. Reginaldo Francisco da Silva

    Esrou pensando seiamente morar em uma Cidade do interior agora que estoi aposentado quero morar em uma cidade mais tranquila quero alugar uma casa boa e morar.

  3. Reginaldo Francisco da Silva

    Olha eu estou aposentado estou com uma dúvida muito grande moro em Portugal são Paulo ha mais de 30 anos.apesar de morar em um bairro bom na Casa Verde tenho vontade de sair de São Paulo.como tinha uma vida agitada como Gerente Comercial em um grande rede de Supermercado hoje aposentado tenho uma grande dúvida nao sei qual o melhor ir morar ai ou no litoral.qualquer decisão que tomar apartir de Janeiro.qualquer coisa entro em contaro um abraço feliz natal.

  4. Claudia

    Olá, bom dia! Gostaria de saber se comunicação visual seria uma empresa Boa para abrir em Paulínia, pois moramos na capital de São Paulo, e temos uma empresa pequena de comunicação visual, trabalhamos tbm com serralheria e marcenaria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *